© Rubens Queiroz de Almeida

Ao aprendermos um idioma estrangeiro não nos damos conta de que existem tipos variados de texto e que a leitura de cada um deles se dá de forma distinta. Podemos ler para nos divertir, para aprender novas habilidades, para buscar informação, para obter uma ideia geral do assunto tratado ou podemos precisar ler um texto com instruções para uma finalidade, como montar uma bicicleta, dispositivos eletrônicos, dentre outros.

Se estamos lendo para nos divertir ou para obter uma visão geral de um texto, não precisamos conhecer todas as palavras. Na verdade, se paramos com frequencia para consultar palavras que não conhecemos a leitura se torna extremamente cansativa e desinteressante, que é exatamente o contrário do que buscamos ao ler este tipo de material.

Ao ler um manual de instruções, que nos ensina a montar um dispositivo, precisamos entender com precisão absolutamente todas as instruções. Se erramos alguma coisa, podemos perder o equipamento ou mesmo nos machucarmos. Para este tipo de leitura, não existe meio termo, a compreensão precisa ser total e todas as dúvidas devem ser sanadas por meio de consultas ao dicionário.

Um outro tipo de leitura é aquela usada para obter informações específicas, como consultas a enciclopédias e dicionários. Neste caso não precisamos ler todo o material. Por meio de uma leitura superficial, buscamos no texto os locais onde se encontra a informação que procuramos.

No começo de nosso aprendizado, devemos evitar a leitura de textos técnicos, a menos que seja necessário. Nas etapas iniciais, devemos nos concentrar em desenvolver as estratégias de leitura que nos permitirão obter, gradualmente, uma maior compreensão da língua inglesa:

  1. Compreensão das 250 palavras mais comuns da língua inglesa;
  2. Fazer uma primeira leitura mais superficial para ativar o conhecimento prévio que tiver sobre o assunto;
  3. Priorizar textos sobre assuntos com os quais já esteja familiarizado;
  4. Não reduzir a velocidade de leitura quando encontrar trechos que não conhece;
  5. Ler rápido, para evitar a tradução;
  6. Ignorar palavras que não são importantes, que aparecem poucas vezes no texto;
  7. Para as palavras que se repetem, prestar especial atenção nos diversos contextos em que aparecem para tentar inferir seu significado;
  8. Tomar cuidado com os falsos cognatos;
  9. Identificar o tipo de texto sendo lido para adotar a estratégia de leitura mais apropriada (leitura por prazer, detalhada, técnica ou de referência);
  10. Se não gostar do texto, não insista, passe para o próximo texto. A regra principal é aprender se divertindo.
5650cookie-checkDiferentes tipos de leitura

Lista Aprendendo Inglês

Sabia que manter o contato diário com o idioma é uma das principais sacadas para aprender inglês com facilidade?

Assine a lista "Aprendendo Inglês" e receba em seu email todos os dias, um texto ou uma piadinha em inglês.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *