Expressões idiomáticas

© Rubens Queiroz de Almeida

O conhecimento das expressões idiomáticas é essencial para o domínio da língua inglesa. As expressões idiomáticas são utilizadas primordialmente em um contexto informal e geralmente consistem de duas ou três palavras. O problema é que conhecer o significado isolado das palavras que compoẽm uma expressão idiomática muitas vezes não nos ajuda a entender o seu significado.

Tomemos a expressão “get down”. Get significa pegar e down significa para baixo. A expressão “get down” não significa “pegar em baixo”, mas sim dançar, festejar. Mas não é só isto, existem dezenas de expressões com a palavra get:

get up, get away, get by, get on, get in, get out, get at, get for, get across, get going, get it, get lost, get into, get over, get through …

15 exemplos, e existem outros com a palavra get. A palavra get aparecendo em todas as expressões certamente dificulta o aprendizado. Se começarmos a memorizar uma a uma, a confusão será enorme. Então como fazer?

Como em qualquer idioma, a melhor forma de aprender as expressões idiomáticas é dentro de um contexto, em frases. É também muito importante espaçarmos o aprendizado das diferentes expressões idiomáticas semelhantes, de forma a que o significado de uma delas não se sobreponha ao de uma outra. Por exemplo, no primeiro dia aprendemos, com frases, o significado da expressão “get up”, dois dias depois aprendemos a expressão “get in”. O espaçamento é muito importante para este aprendizado.

Um excelente livro sobre expressões idiomáticas é o Essencial Idioms in English, de autoria de Robert James Dixson. Este livro classifica as expressões idiomáticas em três níveis: básico, intermediário e avançado. Cada lição consiste de diversas expressões idiomáticas seguidas de exemplos. O procedimento correto é estudar uma lição nova a cada dia e revisar as lições já aprendidas. A revisão deve ser rápida, passamos os olhos pelas expressões idiomáticas já estudadas e caso não nos lembremos, lemos novamente os exemplos. Se estivermos no capítulo 50, devemos revisar os 49 capítulos anteriores. Parece complicado e demorado, mas como já dito, passamos os olhos pelas expressões e apenas quando não nos lembrarmos de seu significado devemos ler os exemplos. Este método funciona muito bem e em pouco tempo você estará apto a reconhecer e usar as principais expressões idiomáticas da língua inglesa com muita facilidade.

Uma outra maneira de aprender as expressões idiomáticas (ou qualquer outra coisa) é utilizar a tecnologia. Qualquer aplicativo que utilize a metodologia da repetição espaçada (spaced repetition) pode ser usado para fixar na memória qualquer tipo de informação, como as expressões idiomáticas.

O algoritmo da repetição espaçada se baseia na pesquisa do Dr. Piotr Wozniak, criador do método SuperMemo, uma abreviação para Super Memory. Segundo esta pesquisa, a informação recém-adquirida tem um prazo de validade, depois de um certo tempo começamos a esquecer. Quando aprendemos algo, a possibilidade de nos lembrarmos é de 100%. Com o passar do tempo, esta possibilidade vai caindo. A repetição espaçada nos faz rever a informação aprendida quando a possibilidade de esquecermos atinge 10%, ou quando a possibilidade de nos lembrarmos chega a 90%. Neste momento, ao revermos a informação, levamos de volta a 100% a possibilidade de nos lembrarmos.

Na verdade a dificuldade reside apenas no fato de que tentamos aprender de uma forma errada. O nosso cérebro possui um modo de funcionamento, entender como aprendemos é vital para aprender qualquer coisa e não apenas expressões idiomáticas. O gráfico a seguir é uma representação do método SuperMemo. Podemos ver pelo gráfico, que à medida que o tempo passa, as repetições se tornam mais espaçadas, o que significa que a informação vai se fixando em nossas memórias.

Fonte da imagem: https://www.supermemo.com/smcom/images/9-3-1-pt.png

Um excelente programa que utiliza o algoritmo das repetições espaçadas é o Anki. O programa é gratuito e está disponível em diversas plataformas computacionais, como Android, GNU/Linux, Windows, Mac e iOS (iPhones).

A figura a seguir é uma tela do programa Anki, carregado com as informações para estudo das expressões idiomáticas. O programa funciona no modo de perguntas e respostas. Neste caso, é apresentada uma expressão idiomática, destacada em azul e sublinhada, e o aluno precisa identificá-la.

Anki


Na parte inferior, ao centro, encontra-se o botão Mostrar Resposta. Uma vez identificado o significado da frase, clicamos sobre este botão para que a resposta seja exibida.

Anki


Também na parte inferior da tela, vemos ao centro três botões: Errei, Bom e Fácil. Neste momento você precisa fazer uma avaliação honesta da facilidade ou dificuldade que teve para identificar o significado da frase. Se errou, o cartão é exibido novamente para você em menos de um minuto. Se marcou como Bom, o cartão será exibido em algum momento nos próximos 10 minutos. Se achou Fácil o cartão será exibido novamente dentro de 4 dias. São 217 cartões com expressões idiomáticas. O Anki denomina os conjuntos de cartões de baralhos. O aluno programa quantos cartões deseja estudar por dia. O padrão é o estudo de 20 cartões, mas este valor pode ser alterado para mais ou para menos. O importante é que se estude todos os dias, mesmo que por apenas cinco minutos. Estudar 20 cartões por dia pode parecer pouco, mas não é. Com esta metodologia em poucas semanas dominaremos com perfeição as expressões idiomáticas

Lista Aprendendo Inglês

Sabia que manter o contato diário com o idioma é uma das principais sacadas para aprender inglês com facilidade?

Assine a lista "Aprendendo Inglês" e receba em seu email todos os dias, um texto ou uma piadinha em inglês.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *