Crédito da Imagem: Photo by Vince Fleming on Unsplash

© Rubens Queiroz de Almeida

Uma coisa muito interessante acontece quando definimos nossas metas. Ao invés de definir o que desejamos, definimos o que NÃO desejamos.

Se dizemos para nós mesmos: “Eu não quero ser pobre“, o nosso subconsciente foca na palavra pobre, ou seja, você pode obter um resultado completamente oposto ao que deseja.

As nossas metas precisam também ser claramente explicitadas. Retomando o exemplo anterior, posso estabelecer como meta obter uma renda anual de R$ 100.000,00.

Mas não é só isso. Você precisa fazer uma análise mais aprofundada e detalhar melhor a sua meta.

Precisamos também responder algumas perguntas:

  1. Porque eu quero isso?
  2. O que perderei ou ganharei se atingir a minha meta?
  3. O que acontecerá se eu conseguir?
  4. O que acontecerá se eu não conseguir?
  5. O que não acontecerá se eu não conseguir?

Como este é um portal sobre aprendizado da língua inglesa, pare por alguns instantes e responda a estas perguntas. Uma vez que você tenha entendido muito bem as consequências e benefícios de estudar e aprender inglês, você estará muito bem aparelhado para ter sucesso e vencer as frustrações que são comuns e normais neste tipo de aprendizado.

O próximo passo é fazer um planejamento diário, semanal, mensal e anual, para que você saiba exatamente o caminho que vai trilhar.

Isto feito, vale a pena citar mais uma vez o SARSistema de Ativação Reticular.

Através dos nossos cinco sentidos, chegam até nós a cada segundo aproximadamente 2 bilhões de fragmentos de informações. Não conseguimos lidar com tanta informação e o SAR é justamente o mecanismo que seleciona, desta quantidade avassaladora de informações, aquilo que é mais relevante para nós e que atende às nossas necessidades.

Em uma analogia interessante, o SAR é como uma antena, observando, estimulando e alertando seu cérebro para tudo aquilo que você precisa levar ao nível consciente, tais como ameaças à sua sobrevivência, novidades, e as coisas nas quais você tem um interesse.

Aqui entram as suas metas. Quando você faz uma análise cuidadosa das suas prioridades, o SAR imediatamente trará para a sua atenção todas as informações que possam contribuir para que você alcance o que deseja.

Por esta razão é muito importante que você defina suas metas da maneira correta. Da mesma forma que o SAR pode atuar para o seu bem estar, pode também colaborar para que você se afunde na depressão e em hábitos nocivos.

Vejamos um caso muito comum em aprendizes da língua inglesa. Sabemos que um grande número de pessoas que precisam aprender inglês acabam desistindo pelo caminho, levando consigo crenças limitantes, tais como que não conseguem aprender inglês, que para aprender inglês é preciso uma habilidade inata, etc.

Quando você tem estas crenças, o seu SAR trará para sua atenção consciente tudo aquilo que venha a confirmar esta crença limitante, ou seja, cada vez mais esta crença será reforçada e pode vir a bloquear todo o seu progresso futuro.

Neste caso, o SAR passa a funcionar como um imã, atraindo para você todo tipo de sujeira que pode vir a te paralisar e impedir o seu progresso.

Mas também pode funcionar de maneira oposta, basta focar no positivo, para que o SAR traga cada vez mais coisas boas para a sua vida, ajudando no seu crescimento pessoal e profissional.

E só para deixar bem claro, e eu falo disto em vários dos artigos deste portal, estas crenças limitantes são apenas isto: crenças. São coisas que alguma pessoa ao longo da sua vida, por desconhecimento, maldade ou outro motivo, inseriu em seu pensamento e que não possuem fundamento.

Referências

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *